• Instagram
  • RSS
Browsing "Nutrição Funcional"

Couve e seus benefícios anti desintoxicantes

out 11, 2017   //   by Dra. Letícia   //   Nutrição Funcional  //  No Comments

Couve e seus benefícios anti desintoxicantes
O suco de couve é um dos preferidos entre os sucos detox existentes, pois ajuda a desintoxicar o organismo melhorando a nossa saúde, a nossa pele, regulando nosso apetite e até o nosso peso. Combate o intestino preso e nos deixa mais dispostos!
Um copo de couve possui apenas 36 calorias, e cinco gramas de fibras. Possui mais ferro por caloria do que a carne, vitaminas K, A e C, ômega 3, cálcio, ácido fólico, carotenóides e flavonóides.

Os benefícios da couve são diversos: auxiliam na digestão, na formação da hemoglobina e enzimas, transporte de oxigênio para o corpo e o crescimento celular, fortalecimento dos ossos, coagulação do sangue, previne a anemia, ajuda a proteger contra o câncer, atua como anti-inflamatório, auxilia no combate a artrite, asma e distúrbios autoimunes além de contribui com o sistema cardiovascular, diminuindo os níveis de colesterol.

Converse com seu médico, nutricionista sobre o uso de couve, nem todos devem consumi-la crua em grande quantidade. Equilíbrio alimentar é sempre a melhor escolha.

Stévia – 100% Natural

out 11, 2017   //   by Dra. Letícia   //   Nutrição Funcional  //  No Comments

Stévia – 100% Natural
Stevia é um adoçante natural que não faz mal para a saúde, podendo ser utilizado para substituir o açúcar em sucos, chás, bolos e outras preparações doces. Ela é produzida a partir da planta Stevia Rebaudiana Bertoni, e também vem sendo utilizada em diversos produtos industrializados como refrigerantes, sucos processados, chocolates, gelatinas e chás.

A Stevia é feito a partir do glicosídeo de esteviol, que não tem calorias e que tem um poder de adoçar até 300 vezes mais do que o açúcar comum. Ele pode ser encontrado em pó ou em gotas, estando disponível em supermercados e lojas de produtos naturais. Para evitar o sabor amargo que normalmente se sente ao se consumir stevia, deve-se comprar o extrato de stevia, feito apenas à base de reubadiosídeo, que é o composto mais doce da planta.

Iogurte aumenta sua imunidade e energia

out 11, 2017   //   by Dra. Letícia   //   Nutrição Funcional  //  No Comments

Iogurte aumenta sua imunidade e energia
O sistema imunológico é responsável pelo combate a doenças e defesa contra esses micro-organismos. E, claro, a alimentação é fundamental para o bom funcionamento do sistema imune. Indivíduos mal nutridos apresentam redução na imunidade. Portanto, procure a maior variedade alimentar e tenha um prato colorido para conseguir atender às recomendações nutricionais.

O Iogurte é uma fonte natural de probióticos, também conhecido como “bactérias boas” que vivem em nosso intestino. Estudos associaram uma boa saúde intestinal à um aumento da imunidade, melhor sono, boa digestão, entre outros. “Os probióticos encontrados no iogurte ajudam a manter nosso trato intestinal livre de bactérias e germes que causam doenças. Estudos também descobriram que o aumento da ingestão de iogurte pode melhorar a resposta imunológica do nosso corpo. Recomendo a ingestão de iogurtes com “culturas vivas e ativas” evite variedades fortemente adoçadas. Caso você não seja muito fã de iogurte ou laticínios, você pode consumir outras fontes naturais de probióticos, como kefir (fermentação do leite), kimchi (vegetais fermentados) e chucrute (repolho fermentado).

Espinafre reduz o risco cardiovascular

out 11, 2017   //   by Dra. Letícia   //   Nutrição Funcional  //  No Comments

Espinafre reduz o risco cardiovascular

Espinafre é rico em potássio, minerais e tem um baixo teor de sódio. Dietas ricas em potássio são a primeira linha eficaz de defesa contra a pressão arterial alta(hipertensão). Sais de potássio são comumente recomendados como substituto de cloreto de sódio (sal de cozinha) para pessoas em situação de risco ou que sofrem de pressão alta. O Potássio tende a baixar níveis de pressão e o Sódio tende a elevar esses níveis.

O espinafre é ainda uma das duas únicas fontes vegetais (o outro é brócolis) de vitamina A Coenzima Q10. A Co-enzima Q10 desempenha um importante papel na saúde cardiovascular e do coração, sendo ainda é essencial para a força muscular.

Alimentos ricos em ômega 3

out 11, 2017   //   by Dra. Letícia   //   Nutrição Funcional  //  1 Comment

Alimentos ricos em ômega 3
Os alimentos ricos em ômega 3 são excelentes para o bom funcionamento do cérebro e por isso podem ser usado para melhorar a memória, sendo favorável aos estudos e ao trabalho. No entanto, estes alimentos também podem ser utilizados como complemento terapêutico da depressão e até no tratamento de inflamações crônicas, como tendinites.

O ômega 3 é facilmente encontrado nos peixes, mas a sua maior concentração está na pele dos peixes e, por isso, esta não deve ser retirada. Para garantir a presença do ômega 3 é importante que o alimento não seja confeccionado em altas temperaturas, nem seja frito.

Dentre os benefícios do omega 3 podemos citar:

Diminuir o desconforto da TPM;
Favorecer a memória;
Fortalecer o cérebro. Veja: Ômega 3 melhora a aprendizagem.
Combater a depressão;
Combater doenças inflamatórias;
Diminuir o risco de doenças cardiovasculares;
Diminuir o colesterol;
Melhorar a capacidade de aprendizagem das crianças;
Melhorar o rendimentos dos atletas de alta competição;
Auxiliar no combate à osteoporose, por aumentar a absorção do cálcio;
Diminuir as severidades das crises de asma;
Ajudar no combate à diabetes.

Conheça as propriedades da Chia

out 11, 2017   //   by Dra. Letícia   //   Nutrição Funcional  //  No Comments

Conheça as propriedades da Chia

Todos já ouviram falar da chia, o alimento da vez. Mas vocês conhecem realmente quais os seus benefícios para a saúde?

Um dos efeitos mais conhecidos da semente é a absorção e a retenção de água, originalmente causadas pela alta concentração de fibras. Isso intensifica a sensação de saciedade após a alimentação, o que explica porque a chia é tão procurada por quem busca emagrecer.

Os principais componentes da semente de chia são:

Ômega 3: a semente da chia é uma das mais ricas fontes conhecidas, tanto animal quanto vegetal. Possui teor muito maior do que o encontrado na linhaça e no salmão.
Cálcio: cinco vezes a concentração do mineral encontrada no leite de vaca. Foi recentemente descoberto que o cálcio também ajuda a queimar gordura no organismo.
Magnésio: concentração duas vezes maior do que em castanhas e nozes.
Manganês e fósforo: três vezes mais do que no espinafre.
Proteínas: É uma fonte de proteína completa, que fornece todos os aminoácidos essenciais que o ser humano precisa.
Fibras: a alta concentração de fibras alimentares faz da chia um aliado do emagrecimento e da boa digestão. A semente também é extremamente rica em vitaminas e minerais, sendo uma das maiores fontes vegetais desses nutrientes conhecidas até hoje.
Antioxidantes: a presença do flavonoide kaempferol e, em menor quantidade, dos ácidos cafeico e clorogênico faz com que a chia tenha três vezes mais antioxidantes que as famosas uvas-do-monte.

As fibras dietéticas contidas nas sementes de chia são úteis para melhorar os processos digestivos, especialmente em pacientes com constipação e síndrome do intestino irritável.

Brócolis – Coma á vontade

out 11, 2017   //   by Dra. Letícia   //   Nutrição Funcional  //  No Comments

Brócolis – Coma á vontade

Tem baixíssimas calorias, apenas 34 calorias por 100g. Mas em compensação os seus nutrientes são únicos, ricos e muito notáveis. Tem fibras, minerais, vitaminas e tem uma força antioxidante louvável. O brócolis é realmente um armazém de muitos fito-nutrientes, como carotenoides, flavonoides, luteína, tiocianatos, entre outros, conhecidos por seus poderes anticancerígenos. Vegetais frescos são fontes de vitamina C, então aproveite que este é um vegetal que pode ser cultivado o ano todo, plante e colha o seu próprio brócolis em todas as estações do ano!

Cúrcuma, excelente anti-inflamatório e antibacteriano

out 11, 2017   //   by Dra. Letícia   //   Nutrição Funcional  //  No Comments

 

Curcuma longa, cúrcuma, turmérico, raiz-de-sol, açafrão-da-índia, açafrão-da-terra e tantos outros nomes que são dados a esta planta de cor majestosa, cuja raiz é um verdadeiro remédio natural. A curcumina é o principal ingrediente ativo do açafrão. Ela possui efeitos anti-inflamatórios potentes e é um antioxidante muito eficiente.

Países como Índia e Sri Lanka, onde o consumo da cúrcuma é cultural, estudos mostram a menor incidência de câncer de colo, útero, próstata e pulmões é muito mais baixa do que nos países que não têm o hábito de consumi-la.

Segundo um artigo publicado na Advanced Experimental Medical Biology, em 2007: “A curcumina demonstrou ter atividade antioxidante, anti-inflamatória, antiviral, antibacteriana, antifúngica, e contra o cancro.”

Alguns dos seus benefícios são:

· Corpo mais forte e com menos dores: devido seu poder anti-inflamatório
· Um estudo demonstrou que a curcumina, o princípio ativo da cúrcuma, é capaz de reduzir os níveis do colesterol ruim LDL e fazer uma limpeza nas artérias removendo placas e prevenindo a coagulação do sangue.
· Possui propriedades neuroprotetivas da curcumina incluindo melhoras na cognição das pessoas.
· Possui eficácia no tratamento de artrite devido seu grande poder anti-inflamatório

Adoçante Artificial, um veneno disfarçado

out 11, 2017   //   by Dra. Letícia   //   Nutrição Funcional  //  No Comments

 

Estudo diz que adoçantes artificiais além de cancerígenos podem aumentar o apetite
Cobaias passaram a comer mais após passarem a ingerir adoçante.
Desequilíbrio entre sensação de doce e energia seria causa do problema.
Quais as alternativas pra quem quer sabor doce? Voltar para a natureza, os Poliois (álcool de açúcar)

São eles:

Xilitol, Eritrol e Sorbitol.

Características :

Seguros quando usados em moderação

Não carcinógenicos

Baixo índice glicêmico

Valor calórico reduzido

Em quantidade exagerada podem ter efeito laxativo (menos eritrol)

Não recomendados a pessoas que apresentam diarreia

E temos também os adoçantes vegetais. Alternativa e fonte natural.

– Estévia (já com estudos mostrando que a dose necessária para adoçar é muito longe do limite máximo estipulado pelo JECFA).

– Taumatina. Metabolização natural como qualquer proteína vegetal.

A regra básica é a seguinte: quanto mais escuro é o açúcar, mais vitaminas e sais minerais ele tem. Todas essas opções vão depender muito do paladar e disponibilidade financeira. São naturais DE VERDADE e portanto não prejudicam a saúde. Como eles também podem engordar, é importante o equilíbrio no consumo, ok?

Conheça 12 verdades sobre o chá verde

out 11, 2017   //   by Dra. Letícia   //   Nutrição Funcional  //  No Comments

Conheça 12 verdades sobre o chá verde

Com ação antioxidante, ele protege o coração e acelera o metabolismo

1. Chá de saquinho é menos eficiente

O chá verde é preparado a partir brotos e folhas de uma erva chamada Camellia sinensis.”Basta colocar água para ferver e assim que começar a borbulhar, apagar o fogo e acrescentar a erva, deixando em infusão por três minutos”,

2. Existe a melhor hora para tomar o chá

Um cuidado para o consumo é o horário em que o chá verde é ingerido. “Assim como o café, ele não deve ser tomado logo após as refeições. A cafeína, presente nas folhas do chá, prejudica a absorção de ferro e vitamina C pelo organismo. Por isso, é preciso esperar pelo menos uma hora antes de consumir chá verde”.

3. Como Tirar o Gosto Amargo do Chá Verde!

Uma solução para acabar com o sabor forte do chá é adicionar alguns outros ingredientes à receita. Uma boa dica é acrescentar duas colheres de sopa de mel, que deixará o chá com um sabor mais adocicado.

4. Alerta para a cafeína

A ressalva para o consumo desse chá vai para as pessoas sensíveis à cafeína, substância presente em sua composição. Com efeito estimulante sobre o sistema nervoso, a cafeína pode causar dor de cabeça, agitação, irritação e aumento do ritmo cardíaco.

5. Acelera o metabolismo

6. Protege o coração

7. Bebida antienvelhecimento

8. Reduz o colesterol ruim

9. Fortalece o sistema imunológico

10. Protege contra o câncer

11. Afasta a depressão

12. Grupos que devem evitar o chá

O chá verde é um poderoso aliado da boa saúde. Mas, algumas pessoas devem consultar um médico antes de inclui-lo na dieta. “O uso do chá não é recomendado para gestantes, indivíduos com hipertensão, glaucoma e doenças psiquiátricas.

Páginas:12»